Deuses Primordiais

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

Na mitologia grega, os Deuses Primordiais nada mais são do que as divindades que nasceram em primeiro lugar, ou seja, que passaram a existir no momento da criação.

Esses Primordiais, que também são chamados de Protogonos ou Protogenos, são as formas que compõem a estrutura fundamental do universo.

Ainda segundo a mitologia grega, um primeiro deus se originou do nada e os outros deuses originaram-se dele.

Embora seja um pouco difícil definir exatamente o número de Deuses Primordiais, visto que a lista varia um pouco, o mais aceito é que eles são 10 Deuses.

Quem são os Deuses Primordiais

Caos

mitologia-grega-deuses-primordiais-caos

Esta foi a primeira de todas as divindades que apareceu no universo, logo, ele é também o mais velho de todos os deuses.

Devido à conotação que a palavra “caos” adquiriu com o passar do tempo, acaba ficando difícil entender a natureza desse deus.

O fato é que o nome deriva de khaínô, quem em grego significa “separar” e “ser amplo”. Isso faz referência ao vazio de onde ele veio. 

Gaia

mitologia-grega-deuses-primordiais-gaia

A Deusa Gaia simboliza a Terra, é a mãe de todos os outros deuses e nasceu logo depois de Caos. Sendo assim, Gaia é uma das primeiras Deuses Primordiais e possui a força da natureza.

Foi a deusa Gaia que deu origem a Pontos, a Urano e também às montanhas.

Tártaro

mitologia-grega-deuses-primordiais-tartaro

O terceiro dos Deuses Primordiais, também originado por Caos, Tártaro era a representação do inferno e era nele que se encontravam os lugares mais sombrios e profundos do reino de Hades.

Era para esse mundo inferior que os inimigos do Olimpo eram enviados para serem punidos e castigados. Foi lá também que os Titãs foram aprisionados.

Urano

mitologia-grega-deuses-primordiais-urano

Assim como Gaia representa a Terra, Urano representa o céu. Ele é um dos Deuses Primordiais que foi gerado por Gaia, espontaneamente, e depois se casou com ela.

Os dois juntos são ancestrais de diversos outros deuses gregos, porém os cultos dirigidos a esse deus não chegaram até a época clássica. Dessa forma, Urano não aparece entre os temas de cerâmicas antigas gregas.

Érebo

mitologia-grega-deuses-primordiais-erebo
Erebus ou Érebo também é um dos Deuses Primordiais e representa as trevas e o que há de escuridão no universo.

Esse Deus dominava partes do universo conhecidas como Vácuo, demarcando seu território com seus mantos escuros. Os seus domínios ficavam logo acima dos de sua irmã, Nix, que representa a noite.

Érebo também é filho de Caos e irmão gêmeo de Nix e os dois são os deuses imortais mais velhos do universo.

Nix

mitologia-grega-deuses-primordiais-nix

A Deusa Nix, como dito acima, representa a noite, também é filha de Caos. Ela também foi um dos primeiros seres a surgir do vazio, logo, ela é irmã de outras divindades.

A primeira divindade é Érebo, que representa a Treva; a outra é Gaia que representa a Terra; a outra divindade é Tártaro, que representa o mundo inferior.

De todos esses Deuses Primordiais foi que se originaram os demais deuses gregos e o papel de Nix era dar origem a muitas dessas divindades.

Hemera

mitologia-grega-deuses-primordiais-hemera

Hemera é a filha de Érebo, deus da treva, com Nix, deusa da noite e ela representa o dia e a luz. No romance que teve com seu irmão, Éter, ela deu origem à Talassa e também a seres antropomorfos como Cólera, Tristeza, Mentira.

Por ser muito bela essa deusa possui um grande poder de persuasão e controle mental.

Éter

mitologia-grega-deuses-primordiais-eter

Éter representa a luz, o céu superior e sem limite pois, diferentemente de Urano, ele é o ar elevado que os deuses respiram, que é muito distinto do ar impuro dos mortais. Éter é irmão de Hemera e filho de Érebo e Nix.

Pontos

mitologia-grega-deuses-primordiais-pontos

Esse também é um dos Deuses Primordiais e ele representa o mar aberto e suas profundezas.

Segundo a mitologia grega, assim como Urano, Pontos também nasceu espontaneamente de Gaia, a mãe Terra. Depois, Pontos deve um romance com Gaia e deu origem a Nereu, que representa o velho mar, a Taumas, que representa as maravilhas do mar, a Fórcis, que representa os perigos do mar, a Ceto o terrível monstro marinho e por fim a Euríbia, que representa a fúria do mar. 

Tálassa

mitologia-grega-deuses-primordiais-talassa

A última da lista dos Deuses Primordiais, Tálassa representava o mar mediterrâneo e era filha de Hemera e Éter.

Juntamente com Pontos ela deu origem a todos os seres marítimos e também a ninfa Hália, ao gigante Egeon que era a representação do mar Egeu e aos Telquines, que eram demônios dos mares.

Com Urano ela deu origem a deusa das ninfas, chamada Dione.

Embora possa parecer um pouco difícil de entender, a verdade é que a mitologia é muito envolvente e logo você a compreende melhor.

Enfim, esses são os Deuses Primordiais, suas origens e suas histórias. Não esqueça de compartilhar!  share-facebook-200

Leia também

Comentários

comentários