Jasão, o líder dos Argonautas

Facebooktwittergoogle_pluspinterest
Jasão, líder dos Argonautas

Jasão, Filho de Esão da Tessália

Pélias tomou o trono de Esão, filho de Creteu, e passou a reinar em Iolco na Tessália, mantendo o antecessor aprisionado em seu palácio.

Mas de acordo com as profecias, Pélias seria destronado e morto por um homem que calça uma sandália só.

Pélias receava Jasão, filho de Esão, que por segurança foi entregue ao sábio centauro Quíron, a fim de adquirir conhecimento e cultura, sob a proteção da deusa Hera, esposa de Zeus.

Leia mais sobre os Centauros no post: Centauros, metade homem, metade cavalo

Jasão era descendente de Éolo, o Vento. Pélias desconfiava que alguém dessa linhagem poderia ser bastante perigoso.

Finalmente atingindo a idade adulta, Jasão dirigiu-se à Tessália vestindo uma pele de leopardo, para revindicar o trono. No meio do caminho, ao chegar à beira de um rio, uma velha o implorou que ajudasse a atravessar até a outra margem e assim Jasão fez.

A senhora, então, revelou-se! Retirou o disfarce e demonstrou ser Hera, sua protetora, que propositalmente o fez perder uma das sandálias na travessia do rio, para assim cumprir a profecia.

Na chegada à Iolco, Pélias avistou Jasão e o reconheceu. Olhou para seus pés e notou que neles havia uma só sandália. Bastante apreensivo com as predições, fingiu amizade com o homem. Hospedou-o e festejou com ele por nove dias, acreditando que ganhava sua confiança. Num dos banquetes oferecidos à Jasão, perguntou qual era a melhor maneira de se livrar de um inimigo.

Orientado por Hera, Jasão imediatamente respondeu: “Envie-o à Cólquida e ordene que traga o Velocino de Ouro”.

Jasão e os Argonautas

Jasão e Argos reúnem diversos heróis da mitologia grega e criam o grupamento dos Argonautas, com o objetivo de recuperar o Velocino de Ouro, guardado por um terrível dragão.

Continua…  share-facebook-200

Leia também

Comentários

comentários