O labirinto do Minotauro

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

mitologia-labirinto-minotauroO Minotauro era filho de Pasífae, filha do Sol e esposa de Minos, rei de Creta.

Pasífae se apaixonara pelo touro do mar mandado por Zeus, que Minos deveria ter sacrificado e que tantas desgraças trouxe à sua casa.

Porém, só pôde satisfazer sua paixão depois que Dédalo chegou a Creta, vindo de Atenas.

Este era um habilidoso artífice, mas seu aprendiz era mais habilidoso ainda, e por inveja acabou por matá-lo.

Após esse feito, Dédalo fugiu com seu filho Ícaro para Creta, onde Minos recebeu-os com bondade.

A pedido de Pasífae, Dédalo construiu uma vaca oca de madeira, na qual a rainha abrigou-se no interior e assim foi levada para o touro.

Dessa maneira, Pasífae teve seus desejos satisfeitos e, a seu tempo, deu à luz o Minotauro, homem monstruoso com cabeça de touro.

Ainda na infância, Minotauro brincava com os homens e depois os devorava.

Minos então encarregou Dédalo de construir o Labirinto, mágico emaranhado de corredores escuros, em cujo centro colocou o monstro.

Este exigia vítimas e induzia Minos a guerrear para consegui-las.

Todos os anos as cidades lhe mandavam moças e rapazes que eram lançados no Labirinto, onde se punham a vagar no escuro, até serem encontrados e devorados pelo Minotauro.

Tempos depois o monstro foi morto pelas mãos de Teseu, como contamos nesse outro post: Teseu e o Minotauro

Recomendamos: O voo de Dédalo e Ícaro

 share-facebook-200

Leia também

Comentários

comentários