Perséfone, a rainha do submundo

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

mitologia-persefone

Perséfone, também chamada de Prosérpina, é filha de Zeus e de Deméter, e ele deu-a como esposa ao seu torvo irmão Hades.

Deméter, todavia, desejava ter a filha consigo e escondeu-a na Sicília.

Gaia plantou uma linda flor de narciso e, com ela, atraiu Perséfone ao vale siciliano de Ena, que conduzia ao mundo subterrâneo.

No momento em que a donzela colhia o narciso, Hades arrebatou-a no seu carro.

Deméter pôs-se a errar tristemente pela terra à procura da filha.

Todas as cidades a rejeitaram, exceto Elêusis, perto de Atenas, onde a alegraram com gracejos e trataram com bondade.

O regresso de Perséfone

Depois, o Sol, que a tudo vê, contou a Deméter onde estava a jovem, e ela dirigiu-se a Zeus e exigiu sua filha de volta; imersa em sua dor e em sua cólera, Deméter não permitiu que madurassem os amenos frutos da terra.

Esta ficou ressequida e árida, até que os homens começaram a morrer à míngua e os deuses perderam seus sacrifícios.

Por isso Perséfone regressou a Elêusis mas anualmente torna a descer, quando os eleusinos armazenam suas sementes.

Deméter ensinou-os a cultivar o cereal, para que ele volte a celebrar todos os anos os mistérios da Mãe e da Donzela

Os homens que assistiam aos ritos desses mistérios figuravam entre os mais abençoados.  share-facebook-200

Leia também

Comentários

comentários