Rei Midas, toque de ouro

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

mitologia-grega-rei-midasNa mitologia grega, Rei Midas era soberano na Frígia, que nos dias de hoje nada mais é do que uma região da Turquia. Ele era filho do camponês Górdio e também tinha um filho chamado Litierses, que era conhecido como “ceifador de homens” graças à fama que tinha por decapitar seus inimigos.

A realeza de Midas foi herdada de seu pai que, embora fosse um camponês, foi escolhido pelo povo que acreditava que a sua chegada era o cumprimento de uma antiga profecia do oráculo.

Essa profecia afirmava que o rei da Frígia iria chegar ao povoado em uma carroça. Enquanto a população debatia sobre seu destino, chegou Górdio com sua mulher e seu filho justamente em uma carroça. Assim sendo, quando Górdio veio a falecer, Midas herdou seu lugar e tornou-se rei.

Entretanto, o mito desse personagem não termina por aqui e sua história ainda guarda muitos segredos. Vamos ver?!

Os mitos do Rei Midas

mitologia-grega-rei-midas3O Rei Midas era extremamente rico e morava com a filha em seu castelo vivendo em meio a uma grande abundância. Entretanto, o que Midas tinha de rico, tinha de afeiçoado ao seu dinheiro e um dos seus passatempos preferidos era contar suas moedas de ouro.

Foi então que, um dia, Sileno, pai de Dionísio, o deus do vinho, andou bebendo demais e acabou se perdendo pelos caminhos da cidade. Sileno então foi encontrado por camponeses e levado para o Rei Midas.

Midas, que reconheceu a figura, o acolheu e o tratou muito bem até que se recuperasse completamente, mantendo-o em sua companhia por dez dias.

Foi só no décimo-primeiro dia que o Rei Midas decidiu levar Sileno de volta para o seu pupilo, Dionísio, que ficou extremamente agradecido. Como recompensa pela hospitalidade, Dionísio ofereceu a Midas o direito de escolher uma recompensa, seja qual fosse.

Como era muito apaixonado por sua riqueza, Midas pediu que tudo o que ele tocasse virasse ouro. Dionísio achava que o rei poderia ter feito um pedido melhor, mas mesmo assim consentiu o que ele havia pedido.

Midas, extremamente contente com o seu novo poder não via a hora de testá-lo e quase não acreditou quando arrancou um ramo de um carvalho e ele virou ouro diante dos seus olhos.

Depois disso ele pegou uma pedra, um punhado de areia, um fruto de uma macieira e, sem exceção, tudo virou ouro. Há quem afirme que o tal fruto da macieira, uma maçã, foi roubado do jardim das Hespérides.

Entretanto, a enorme alegria do rei não durou muito pois, assim que chegou em casa pediu que seus empregados lhe servissem o jantar e todos os alimentos que ele tocava se transformavam em ouro.

mitologia-grega-rei-midas2O Rei Midas tentou comer uma fatia de pão e ele prontamente se transformou em um pedaço de ouro. Tentou beber um cálice de vinho e a bebida desceu por sua garganta como ouro líquido. Nem mesmo a filha de Midas foi poupada pois se transformou em ouro assim que tocou no pai.

Muito triste, o Rei Midas lutou para tentar livra-se daquele poder que agora, já detestava. Em seu apelo, ergueu os braços aos céus e fez uma prece na qual pedia a Dionísio que tivesse piedade e o livrasse daquele fardo.

Dionísio, como era uma figura mitológica muito benevolente, se sentiu tocado pelo pedido do rei e o avisou que a água corrente era a única capaz de desfazer o toque de ouro.

O rei então foi aconselhado por Dionísio a mergulhar em um rio que o seu poder acabaria e também os objetos que ele havia tocado deixariam de ser e ouro.

O Rei Midas, desesperado correu para seguir as instruções do deus do vinho, foi até o rio Pactolo e banhou todos os objetos que havia transformado em ouro para que voltassem à sua natureza. Obviamente ele começou o banho de água corrente pela filha e a abraçou fortemente quando ela retornou à vida.

Ainda segundo a mitologia grega, Midas ao se abaixar para coletar água na beira do rio acabou tocando a areia e é por isso que as margens do rio Pactolo contam com um leito de areia dourada.

O que aconteceu depois com o Rei Midas?

mitologia-grega-rei-midas4Segundo a mitologia grega, Midas, depois de se livrar do toque de ouro, abriu mão de sua riqueza e virou um seguidor do deus dos bosques, Pã.

Certa vez, Pã afirmou que tocava melhor que Apolo e os dois resolveram fazer um duelo, que foi julgado por Tmolo. Pã tocou lindamente sua flauta e Apolo tocou lira que conquistou a preferência de Tmolo, ganhando o prêmio da disputa.

Revoltado, Midas questionou a vitória de Apolo e esse, por sua vez, deu a Midas um par de orelhas de burro. Desde então o ex-rei passou a utilizar um turbante para esconder as orelhas.

Já nos dias de hoje a expressão “toque de Midas” é utilizada para pessoas que têm a habilidade de fazer algo prosperar.

Esses são os mitos do Rei Midas e agora você já sabe um pouco mais sobre eles. Aproveite e compartilhe! share-facebook-200

Leia também

Comentários

comentários

Open