Teseu e o Minotauro

Facebooktwittergoogle_pluspinterest

mitologia-grega-teseu-e-minotauroEgeu, filho do rei Pândion, não tinha filho. Quando foi procurar o oráculo, este, enigmaticamente, o aconselhou a não perder o odre de vinho enquanto não chegasse a casa.

Dirigiu-se a Terezena para consultar Piteu, que conhecia o significado da recomendação; mas Piteu não quis revelá-lo a Egeu, pois queria que o filho de sua filha fosse o herdeiro prometido. Por isso Piteu embebedou Egeu, deixando com ele sua filha Etra, e os dois se uniram.

Para a criança que poderia nascer, Egeu deixou sua espada e suas sandálias debaixo de uma pedra, como sinal. Alguns, todavia, afirmavam que o pai de Teseu era Poseidon, que saíra do mar.

Quando Teseu chegou à maioridade, ergueu a pedra e tomou da espada, dirigindo-se para Atenas para reivindicar sua herança.

mitologia-grega-teseu-espada
Salteadores infestavam a estrada do istmo, entre Trezena e Atenas. Teseu matou seis deles, esforçando-se por trazer à região a paz de Atenas.

Tirou de Perifetes o seu bastão de ferro; amarrou Sínis aos seus pinheiros e dilacerou-o.

Precipitou Círon do rochedo, com um pontapé, para que fosse devorado pela sua tartaruga comedora de homens, e pregou Procusto no leito em que este costumava torturar os viajantes que atocaiava

Procusto era pai de Sínis e seu nome significava “o esticador”. Dessa maneira, todos os salteadores morreram vitimados pelos mesmos destinos que infligiam aos outros.

Cércion também, pois Teseu o segurou no ar até que ele morreu. E matou Féia, a javalina de Crômio.mitologia-grega-teseu-e-javalina-de-cromio
O povo abençoou-o por trazer ordem à região. Nisso ele chegou a Atenas. Egeu não o reconheceu, ignorando que Etra lhe dera um filho, e enviou-o contra o Touro de Maratona, mas Teseu matou-o e voltou. Então Medéia, que viera de Corinto para unir-se a Egeu, compreendeu que era Teseu.

Mas, querendo que seus filhos herdassem o reino, caluniou-o, procurando persuadir Egeu de que Teseu tencionava lesá-lo e preparou uma taça envenenada, com a ajuda de Egeu. No momento, porém, em que Teseu ia bebê-la, Egeu reconheceu-lhe a espada e derrubou-lhe a taça.

Medéia fugiu, enfurecida. Mas enquanto o pai e filho se rejubilavam, Minos apareceu para coletar o tributo devido ao Minotauro, sete donzelas e sete jovens para o labirinto. Teseu tomou o lugar de um desses últimos, desejoso de libertar Atenas daquela escravidão.

mitologia-grega-teseu-e-minotauro-labirintoNo navio, Minos gabou-se de seu pai Zeus, que ecoava no céu claro. Teseu gabou-se de Poseidon, e provou que ele era seu pai, recuperando um anel de ouro que Minos atirara às ondas. Anfitrite, esposa de Poseidon, recebeu-o nas profundezas do mar e deu-lhe o anel e uma coroa de ouro.

Quando chegaram a Creta, Ariadne viu Teseu e amou-o, atraiçoando seu pai Minos. Ela perguntou a Dédalo (que construiu o Labirinto do Minotauro) como poderia um homem sair do Labirinto, e ele deu-lhe um novelo de fio, a fim de salvar seu compatriota ateniense. Teseu tomou o novelo e foi até o centro do Labirinto, onde encontrou o Minotauro, matando-o com a espada.

Com a queda do Minotauro, quebrou-se o domínio exercido por Creta sobre outros povos. Teseu fez-se ao largo com a noiva e apareceu em Naxos. Ali, mercê de um encantamento operado no espírito do herói, este a esqueceu e, quando Ariadne adormeceu, partiu novamente, talvez receoso de que ela o traísse como traíra o pai; fosse como fosse, ele não tardaria a enfrentar outros sofrimentos. Dioniso encontrou Ariadne em Naxos, após a partida de Teseu, e desposou-a.

Nesse meio tempo, Teseu zarpara para Atenas com os rapazes e moças libertados e, em Delos, dançaram todos a Dança do Grou para comemorar-lhe a fuga. As velas do seu navio eram negras e Teseu se esqueceu de mudá-las; Egeu, que observava do alto da Acrópole, pensando, ao vê-las, que o filho estivesse moro, atirou-se dali e morreu.

mitologia-grega-teseu-e-egeu
Um Teseu pesaroso assumiu o governado reino, e todos os heróis o aceitaram como seu igual.

Ele acompanhou Héracles na expedição contra as Amazonas, e trouxe de volta Hipólita como sua noiva, chamando a seu filho Hipólito. Mas as Amazonas vieram buscar sua rainha, invadiram a Ática e, como ela não queria voltar, mataram-na. Teseu expulsou-as da região.

Por ocasião do casamento de Pirítoo, combateu os centauros. Depois, Teseu e Pirítoo resolveram conquistar as filhas de Zeus; Teseu raptou Helena e acompanhou Pirítoo aos Infernos para ajudá-lo a conquistar Perséfone.

Esta ofereceu-lhes os tronos para se sentarem e eles ficaram pregados aos assentos. Héracles libertou Teseu quando esteve lá à procura de Cérbero, mas os irmãos de Helena levaram de volta a irmã.

mitologia-grega-teseu-e-hercules
Teseu, então, casou com Fedra, irmã de Ariadne.

Fedra viu Hipólito, seu enteado, e apaixonou-se por ele; mas ele não a quis, pois fora consagrado a Ártemis e caçava com ela. Fedra acusou-o perante Teseu, e enforcou-se de vergonha. Teseu invocou a cólera de Poseidon sobre o filho.

Quando Hipólito saiu de Trezena, Poseidon mandou um touro do mar, que lhe destroçou o carro, matando Hipólito.

Finalmente, Teseu foi para Esquiro, e ali foi covardemente assassinado por Licomedes, como contamos no post: Como Morreram os Herós da Mitologia Grega.

Gostou? Não esqueça de compartilhar!!

share-facebook-200

Leia também

Comentários

comentários

Open